por Octávio Salles

Com a chegada do Lightroom 3, decidi repensar meu workflow e parei de exportar como TIFF, pois percebi que não tem porque fazer isso! Como eu não percebi isso antes?

Basta organizar bem os arquivos no Lightroom usando as Collections (item que eu ignorava antes) e salvar apenas os arquivos RAW já editados. Só há vantagens nisso, primeiro que a partir do RAW eu posso criar o arquivo que quiser, inclusive os TIFF 16 bits que uso pra entregar aos clientes; segundo que tudo que eu fiz na foto pode ser refeito a qualquer momento sem perda alguma de qualidade, já que no Lightroom vc tem o processo todo gravado e totalmente não-destrutivo; terceiro que os arquivos RAW são bem mais leves que os TIFFs.

Bom, meu workflow hoje é o seguinte: Continuar lendo “Lightroom: Workflow de Octávio Salles”